WYSIWYG Web Builder
ATENDIMENTO
(92) 3642-3450 (CENTRAL)
(92) 3642-7059
(FAX)
(92) 9403-8823
(VIVO)
(92) 8188-6326
(TIM)
vendas@livrariamvt.com.br
livrariamvt@gmail.com
LOCALIZAÇÃO
Rua Visconde de Utinga, 234, Parque das Laranjeiras.
Segunda a Sexta
08:00 às 18:00hs
08:00 às 16:00hs
Sábados
© 2017 - Livraria MVT  - Todos os Direitos Reservados
QUEM SOMOS
CATÁLOGO DE PRODUTOS
PÃO DIÁRIO
FALE CONOSCO
Sobre Nós
Escolar, Expediente, Outros
Mensagens e Reflexões
Contatos

…[O amor] não procura os seus interesses, não se exaspera, não se ressente do mal. v.5

Um jovem casal recebeu um presente pelo nascimento de seu bebê. Agradecida, a mãe escolheu um cartão de agradecimento e o deixou pronto para ser enviado.

De alguma maneira, o cartão misturou-se com outros papéis e nunca foi postado, e o agradecimento foi esquecido. Os que deram o presente esperaram, mas não receberam o reconhecimento.

Com isso desenvolveu-se uma brecha, pois uma família pensou que o agradecimento fora enviado e recebido, enquanto a outra achou que a falta de uma palavra de gratidão era falta de consideração. Essa falha inadvertida fez os outros se sentirem ofendidos, menosprezados e negligenciados.

Dentre as palavras mais importantes que podemos dizer está a palavra “obrigado”. E como é importante ter gratidão. Mas há o outro lado. Se presenteamos alguém devemos fazê-lo sem a expectativa de receber algo em troca. Nem sequer um “obrigado”. O verdadeiro amor dá sem expectativas.

O amor, como o vemos descrito na carta de 1 Coríntios 13:7, “tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta” e nunca é egoísta. O amor não guarda registro dos erros - mesmo que alguém se esqueça de nos agradecer por alguma demonstração de bondade. O outro lado da gratidão é um coração puro que reflete o amor perfeito de Deus por nós.

O verdadeiro amor não tem amarras.
INSTITUCIONAL
DÚVIDAS
PÃO DIÁRIO
SIGA-NOS
FORMAS DE PAGAMENTO
ENTREGA EM DOMICÍLIO
Confira nossas condições
PROMOÇÕES MENSAIS
Todo mês uma nova oferta
em até 6x sem juros
PARCELAMENTO
  "O outro lado da gratidão!"